Dilmar confirma implantação da Escola Tiradentes em Sinop

Adicione tópicosDilmar confirma implantação da Escola Tiradentes em Sinop

A previsão é que as aulas comecem no primeiro semestre de 2018

Publicado por Assembléia Legislativa do Estado de Mato Grossohá 1 hora

A rede pública estadual de Sinop ganhará reforço em 2018, com a implantação da Escola Militar Tiradentes. A informação foi confirmada pelo secretário de estado de Educação, Marcos Marrafon, durante reunião com o deputado Dilmar Dal’ Bosco (DEM). A previsão é que as aulas comecem no primeiro semestre de próximo ano, para isso o parlamentar irá mediar uma parceria com a prefeitura local, que deverá disponibilizar o espaço físico para abrigar a unidade de ensino.

De acordo com Marrafon, a implantação da unidade de Sinop está inclusa no plano de interiorização da educação militar, coordenado pelo Coronel Marcos Roberto. O projeto teve início em março deste ano, pelo município de Nova Mutum e se expandiu para cidades de Sorriso, Confresa e Juara.

“A Tiradentes é a escola pública com melhor desempenho na educação de Mato Grosso, além de ser um modelo formação de bons cidadãos. Depois de mais de 30 anos de inauguração da escola em Cuiabá, o governo Taques atendeu o clamor do restante de Mato Grosso e interiorizou essas unidades”, disse o secretário.

Dilmar Dal’ Bosco afirmou que a escola irá sanar a deficiência em vagas para a educação pública de Sinop. Por isso, acredita que a prefeita Rosana Martinelli e a Câmara de Vereadores serão parceiros no projeto. Ele ressaltou que, desde que assumiu o comando município, a gestora tem se aproximado da oposição em busca de recursos e ações para Sinop.

“Ainda não entrei em contato com a prefeitura, mas tenho certeza que a Rosana irá se emprenhar para trazermos essa escola para Sinop o quanto antes. As interiorização Do ensino militar está sendo um sucesso graças ao apoio das prefeituras municipais. Existe a possibilidade de construirmos salas modulares, mas isso atrasaria o processo de implantação”, explicou o democrata.

Método de Ensino – A unidade de ensino oferece vagas para alunos dos 7º, 8º e 9º Anos do Ensino Fundamental e 1º, 2º e 3º Anos do Ensino Médio. A expectativa é de que no ano letivo de 2018 sejam atendidos mais de 700 estudantes de Sinop. O modelo de escola funciona de forma integrada com a Secretaria de Segurança Pública e tem como objetivo contribuir no processo de formação do cidadão.

As coordenações pedagógica, administrativa e financeira destas unidades são exercidas por profissionais, devidamente habilitados, em consonância com a legislação educacional vigente no País. É permitido aos militares ministrarem aulas na educação básica, desde que devidamente habilitados para docência nas áreas específicas, conforme os procedimentos para atribuição de classe/aula adotados pela Seduc.

A diretora de Ensino, Instrução e Pesquisa (Deip) da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Adriana de Souza Metello, frisou que o diferencial da escola é o projeto político-pedagógico baseado no modelo paramilitar. “Buscamos, além da formação, a conscientização do aluno por meio da disciplina, de organização do seu horário de estudo, para o melhor aproveitamento do ensino na escola”.

Anualmente, é realizado teste seletivo para o ingresso dos estudantes. São destinadas 50% das vagas existentes para dependentes de militares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Estado de Mato Grosso aprovados no processo seletivo.

Leave a Reply

Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Alves & Araújo - Advogados Associados